Zouma, do West Ham, pagará multa de R$ 51 mil por chutar gato

Quatro meses após ser flagrado chutando o próprio gato, o zagueiro Kurt Zouma foi julgado nesta quarta-feira, 1º, no tribunal de magistrados em Londres. Por ser réu-primário, o defensor do West Ham e seu irmão, Yohan, escaparam da prisão, mas terão que pagar uma multa de 10 mil dólares (R$ 51 mil reais) e prestar serviços comunitários – o atleta também está proibido de possuir gatos nos próximos cinco anos. Na semana passada, Zouma já havia se declarado culpado de ter praticado os crimes de causar “sofrimento desnecessário a um animal”.

Em comunicado oficial, o West Ham se posicionou e disse que multou o jogador pelo crime. “O West Ham United deseja deixar claro que condenamos nos termos mais fortes qualquer forma de abuso ou crueldade contra animais. Este tipo de comportamento é inaceitável e não está de acordo com os valores do clube de futebol. Dentro de 48 horas do surgimento das imagens, multamos Kurt no máximo disponível para o clube. Cada centavo desse dinheiro está agora com várias instituições de caridade merecedoras, todas dedicadas ao bem-estar animal. Kurt admitiu na primeira oportunidade que o que ele fez foi errado. Ele se desculpou sem reservas. Esperamos que agora que o tribunal tenha chegado à sua decisão, todos permitam a Kurt a chance de aprender com seu erro e seguir em frente.”


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe