WSL: Filipe Toledo derrota australiano e é campeão da etapa de Bells Beach

O brasileiro Filipe Toledo fez história neste domingo, 17, ao derrotar o australiano Callum Robson por 14.74 a 12.94 e ficar com o troféu da etapa de Bells Beach, a quarta da temporada 2022 da World Surf League (WSL), o Mundial de Surfe. Filipinho, como é conhecido, emplacou boas manobras na final, levando a melhor sobre o representante da Austrália com duas boas notas: 8.17 e 6.57. Para chegar à final, o paulista já havia batido o bicampeão mundial John John Florence, além dos locais Ethan Ewing, Mick Fanning, Mikey Wright e Connor O’Leary. Ele, assim, torna-se o quarto surfista do Brasil a ganhar na tradicional prova australiana. Anteriormente, Silvana Lima foi campeã no feminino em 2009, enquanto Adriano de Souza e Ítalo Ferreira ganharam nas edições de 2013 e 2018, respectivamente.

Com o título, Filipinho chegou ao topo do ranking da WSL, com 24.400 pontos. O brasileiro é seguido de perto pelo japonês Kanoa Igarashi (18.620), pelos havaiano John John Florence (16.905) e Barron Mamiya (15.980), além da lenda estadunidense Kelly Slater (15.980). Campeão olímpico na Tóquio-2020, Ítalo Ferreira aparece na sétima colocação, enquanto Miguel Pupo (10º) e Samuel Pupo (18º) são os outros representantes do Brasil no top-20. Tricampeão mundial, Gabriel Medina ainda não participou de nenhuma etapa nesta temporada por priorizar sua saúde mental. No feminino, a australiana Tyler Wright bateu Carissa Moore, havaiana que ocupa a primeira posição no ranking geral. A melhor brasileira é a gaúcha Tatiana Weston-Webb, atual sexta colocada.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe