Windows 11 vai ganhar novos recursos de segurança

As próximas atualizações do Windows 11 terão várias melhorias em relação à segurança, aumentando a proteção do usuário contra diferentes tipos de ameaças virtuais. Quem garante é o diretor de produtos da Microsoft, Panos Panay, em comunicado divulgado hoje (5).

De acordo com ele, a mudança para o trabalho remoto provocada pela pandemia do novo coronavírus fez os cibercriminosos desenvolverem armas ainda mais poderosas. Diante disso, a big tech tem trabalhado em soluções para enfrentar os perigos cibernéticos, reforçando a segurança para quem manterá o trabalho híbrido, enquanto muitas empresas voltam aos escritórios.

Uma das novas ferramentas que o sistema operacional vai ganhar é a detecção e proteção aprimorada contra ataques de phishing. A solução virá junto ao Microsoft Defender SmartScreen, um serviço antiphishing e antimalware baseado na nuvem.

A Central de Segurança do Windows terá novas opções em breve.Fonte:  Microsoft/Divulgação 

O recurso, integrado ao Windows 11, alerta o internauta se ele tentar inserir suas credenciais em sites hackeados ou programas maliciosos. Segundo a gigante de Redmond, o SmartScreen bloqueou mais de 25,6 bilhões de tentativas de ataques de autenticação de força bruta do Azure Active Directory, além de 35,7 bilhões de e-mails de phishing em 2021.

Mais proteção

Camadas adicionais de segurança também estarão disponíveis, atuando na defesa de dados sigilosos e contra drivers maliciosos. Esta proteção virá com a Criptografia de Dados Pessoais, que impede o acesso às informações quando o usuário não está conectado.

A visualização dos dados só é liberada com a autenticação por meio do Windows Hello, vinculando as chaves de criptografia às credenciais. De acordo com a Microsoft, o procedimento fortalece a resistência das informações diante de ataques e dificulta o acesso em caso de roubo ou perda do dispositivo.

O Controle Inteligente de Apps bloqueia programas maliciosos.O Controle Inteligente de Apps bloqueia programas maliciosos.Fonte:  BleepingComputer/Reprodução 

Também será possível ativar uma lista de bloqueio automático de drivers com vulnerabilidades conhecidas, usando o Windows Defender Application Control (WDAC). Já o Smart App Control usa um modelo de inteligência artificial para bloquear a execução de programas maliciosos no computador.

Outros novos recursos que chegam em breve ao Windows 11 são a habilitação por padrão do Credential Guard para públicos corporativos e o Config Lock, que bloqueia as configurações de segurança em casos de invasão.

Veja a postagem original em: TecMundo

Compartilhe