Vinholi diz que ‘não teria sentido’ Doria abrir mão da candidatura para dar lugar a Simone Tebet

Marco Vinholi, presidente do PSDB de São Paulo e coordenador da campanha de João Doria à Presidência da República, descartou a possibilidade de o tucano desistir da candidatura. “Não teria nenhum sentido o PSDB abrir mão agora por uma candidatura do MDB”, declarou em entrevista ao Headline News, da Jovem Pan, nesta segunda-feira, 16. O partido negocia uma candidatura única com MDB e Cidadania. Além do ex-governador, a senadora Simone Tebet (MDB) também é pré-candidata. A data marcada para divulgação do nome é esta quarta-feira, 18, mas tudo indica que as siglas ainda não entraram em acordo. “Nesse momento o mais correto é seguirmos com a candidatura de Doria, a Simone também avançando com a sua, para que a gente possa dialogar assim, mas consciente de que a candidatura de Doria reúne mais condições”, disse Vinholi.

“Nós vamos seguir dialogando. É fundamental a gente buscar uma construção conjunta, mas com o prisma que Doria pontua à frente de Tebet em todas as pesquisas feitas até o momento”, acrescentou. O critério estabelecido para a escolha do nome são as pesquisas quantitativa e qualitativa. Doria, de fato, aparece à frente de Tebet nas pesquisas presidenciais. O ex-governador, no entanto, também tem mais rejeição que a emedebista – 55%, segundo o último levantamento XP/Ipespe. Ele fica atrás apenas do presidente Jair Bolsonaro (PL), que tem 59% de rejeição. Nesta segunda, Tebet afirmou que “jogaria em qualquer posição” em uma possível chapa, mas indicou que, se vencer as pesquisas, será candidata mesmo sem o apoio de Doria.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe