Verstappen vence o GP de Emilia-Romagna com uma volta de diferença sobre Hamilton

Rivais na disputa pelo título da temporada 2021 da Fórmula 1, o holandês Max Verstappen, da Red Bull, e o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, mostraram a disparidade entre os carros que pilotam neste ano. O atual campeão largou na pole position, fez uma corrida dominante (com direito à melhor volta) e venceu o GP de Emilia-Romagna com uma volta de diferença sobre o rival, 13º, e dobradinha com o companheiro Sergio Perez — a primeira da RBR desde 2016, na Malásia. De quebra, Verstappen ainda pulou da quinta para a segunda posição na classificação geral, com 59 pontos, 27 a menos do que o ferrarista Charles Leclerc. A Hamilton restou uma intensa briga com Pierre Gasly, da modesta Alpha Tauri, valendo uma posição na fila intermediária. “Essa corrida foi terrível”, lamentou Totto Wolf, diretor-executivo da Merecedes. “Sim”, assentiu Hamilton.

A corrida na Itália foi disputada com chuva durante boa parte dela. Somente na 35ª volta a direção de prova liberou a asa móvel, o que fez o GP de Emilia-Romagna ganhar em emoção. A maior ultrapassagem, no entanto, foi feita sem o dispositivo: Leclerc avançou sobre Lando Norris na freada da Tamburello e ultrapassou o piloto da McLaren. Essa disputa, no entanto, foi vencida pelo inglês, que aproveitou a comida de zebra do adversário e conquistou um lugar no pódio. Já o monagesco recuperou algumas posições e terminou a corrida em sexto.

 


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe