veja a promessa que pode fazer toda diferença

Você já pensou em um dia ter menos lixos no oceano? Era exatamente isso que o jovem Boyan Slat pensava quando fez um mergulho submarino na Grécia. Isso mesmo, ele viu um mar muito poluído, e pensou em mudar tudo, isso com muita persistência, criatividade e força de vontade!

Muitas pessoas já viram como o oceano pode ser sujo e poluído. Vendo essa cena, praticamente todo mundo fica muito incomodado e se revolta, mas o jovem holandês fez muito mais do que isso! Justamente, além de reclamar, aos 16 anos de idade, ele decidiu fazer algo a respeito.

Confira: cientistas criaram um peixe-robô capaz de acabar com plásticos dos oceanos, veja

Sendo assim, muitas pessoas por todo o mundo começaram a falar sobre o assunto, se impressionando com todo a luta e esforço do garoto. Se você também quer entender mais sobre esse assunto, continue lendo essa matéria e descubra mais sobre.

Quem é o garoto que quer tirar os lixos do oceano?

O jovem holandês, Boyan Slat, com 16 anos de idade, ganhou uma motivação para seu projeto. O garoto revelou ter encontrado mais sacolas plásticas no mar do que peixes! Com isso, ele começou a fabricar o projeto e agora, aos 27 anos veio à mídia revelar seu plano.

De acordo com Boyan, foi justamente essa experiência com o mergulho que motivou ele a fazer tudo o que fez. Por disso, desde adolescente Boyan já tinha interesse por limpar e proteger os oceanos, enfim, o projeto deu muito certo!

Leia também: minivan movida a hidrogênio com alto nível de luxo é apresentada pela GAC, confira

Como ele vai tirar os lixos do oceano?

Agora, você pode estar pensando em como o jovem vai tirar os lixos do oceano? Então, o sistema primário que Boyan criou foi uma barragem móvel movida por dois barcos. Então, quando o veículo avança a uma certa velocidade, e quando o plástico é movido pelas correntes oceânicas, esse coletor fica cheio de lixo plástico.

Assim, um dos navios do projeto recolhe as redes quando elas estiverem cheias de lixo. Depois que o navio está com muito plástico, eles levam os resíduos para centros de reciclagem no continente.

Em seguida, o lixo que o navio recolher é levado para o descarte ou reciclagem, assim o oceano fica livre de lixo. Ao mesmo tempo, os navios do projeto são todos movidos a energia solar, que é limpa e não prejudica a natureza.

Confira: oásis de alimentos orgânicos foi criado por um jovem, veja os detalhes

Veja a postagem de horigem em: Engenharia Hoje

Compartilhe