UE adverte que Rússia destrói patrimônio cultural ucraniano ‘de propósito’

O alto representante de Relações Exteriores da União Europeia (UE), Josep Borrell, alertou nesta segunda-feira, 18, que a Rússia está destruindo o patrimônio cultural da Ucrânia “de propósito” durante a invasão desse país, que começou no último dia 24 de fevereiro. “Objetos do patrimônio cultural são destruídos de propósito na guerra da Rússia contra a Ucrânia”, escreveu Borrell em seu perfil oficial no Twitter, no qual acrescentou que a cultura ucraniana “é uma parte importante da herança europeia”. Por todas estas razões, assegurou que a UE “apoia artistas, profissionais da cultura e organizações culturais afetadas pela guerra”. Borrell fez menção em sua mensagem à campanha comunitária #ArtVsWar, cujo objetivo é aumentar a conscientização sobre o nível de destruição do patrimônio cultural, objetos de arte e a suspensão da vida e das iniciativas culturais devido ao conflito bélico.

Por sua parte, o Serviço Europeu de Ação Externa (SEAE) declarou que na Ucrânia “a cultura está presente hoje graças à coragem de um povo corajoso capaz de combater as ameaças contínuas de sua destruição”. Desde o início da guerra, Kiev optou por cobrir seus principais monumentos com sacos de areia para tentar evitar que sejam danificados por bombardeios ou fogo russo. Mais cedo nesta segunda-feira, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, informou à população de seu país que a Rússia “começou a grande batalha por Donbas”, em referência à esperada grande ofensiva do Exército russo para controlar todo o leste do território ucraniano.

*Com informações da EFE


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe