Uber cria botão ‘Ligar para a Polícia’ no Rio de Janeiro

Apenas três dias após anunciar que seus motoristas poderão visualizar o endereço de destino das corridas antes de aceitá-las, a Uber anunciou, na sexta-feira (8), outro importante recurso de segurança para passageiros e condutores: um botão “Ligar para Polícia” que opera diretamente no aplicativo. A funcionalidade estará diretamente conectada com o serviço de emergência da Secretaria de Estado da Polícia Militar do Rio de Janeiro (SEPM-RJ).

Dessa forma, nos termos de cooperação firmados entre o aplicativo de transporte de passageiros e o órgão policial fluminense, todas as vezes em que ocupantes e operadores de Uber se sentirem ameaçados, devem apertar o botão para que os operadores da PM recebam automaticamente a localização em tempo real do veículo e os dados da viagem. E isso será feito sem que o passageiro e o motorista falem em voz alta ou troquem de app.

Como irá funcionar o botão “Ligar para a Polícia” do Uber?

Essa integração entre os carros da Uber e o 190 é um projeto-piloto que será introduzido na Baixada Fluminense, antes de ser estendido para as demais regiões do estado, e é o primeiro convênio do gênero celebrado no Brasil.

O sistema utiliza os sinais de localização disponíveis nos celulares, como GPS e pontos de Wi-Fi na região, para rastrear o veículo, bem como detalhes como placa, marca, modelo e cor do carro, além de números de telefone e nomes do motorista e passageiro. Essa integração é possível através da startup norte-americana RapidSOS, uma plataforma capaz de conectar dispositivos conectados ou aplicativos móveis diretamente a serviços de emergência.

Em declaração ao canal “Tilt” da Uol, a Uber explicou que, antes da implantação do projeto, será realizado um treinamento com os operadores do Centro de Comunicações Operacionais Policiais Militares (Cecopom). Concluída essa capacitação, o novo recurso será imediatamente disponibilizado.

Veja a postagem original em: TecMundo

Compartilhe