Três mil passageiros desembarcam em Portugal após cruzeiro se tornar foco de Covid-19

A operadora de um cruzeiro que seguia para as Ilhas Canárias nesta segunda-feira, 3, obrigou a navegação a parar e quase três mil passageiros a desembarcarem em um porto de Lisboa, em Portugal, após um surto de Covid-19 na embarcação. De acordo com as autoridades portuguesas, os primeiros casos de contágio apareceram na quarta-feira, 29, pouco após o cruzeiro passar pelo porto de La Coruña, na Espanha. Até o momento 68 casos foram confirmados, 60 deles entre tripulantes. A embarcação, batizada de “AIDAnova”, faria uma parada na ilha portuguesa de Madeira antes de seguir para as ilhas espanholas na costa da África. A maior parte dos passageiros tem sintomas leves, mas, em comunicado divulgado à imprensa, a operadora explicou que a interrupção da viagem ocorreu para segurança de todos. Ao todo, o navio tem 2.844 passageiros e 1.353 tripulantes. Todos devem ser colocados em ônibus para o aeroporto de Lisboa e seguirão para os seus países.


Fonte: Jovem Pan