Senadores vão a Sergipe para acompanhar investigações sobre o caso Genivaldo

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou nesta quarta-feira, 1, a ida de parlamentares a Sergipe para acompanhar as investigações da morte de Genivaldo de Jesus Santos. Os senadores irão a Aracaju e Umbaúba nos dias 13 e 14 de junho. O caso ganhou repercussão nacional na semana passada, com a divulgação de imagens de uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Genivaldo foi imobilizado no porta-malas da viatura, fechado com gás lacrimogênio. O laudo da perícia aponta que ele morreu por asfixia. O requerimento é de autoria do presidente da comissão, Humberto Costa (PT-PE).

“As imagens da crueldade cometida por aqueles agentes nos mostram que as ações por eles adotadas em nada correspondem com os dispositivos legais que regulam o uso da força pelos agentes de segurança pública; aquelas imagens absurdas nos mostram uma abordagem carregada de crueldade, que nos leva a um passado sombrio”, afirmou o senador. O parlamentar também defendeu a aprovação de um projeto de lei que prevê indenização de R$ 1 milhão à esposa de Genivaldo, além de pensão vitalícia para os familiares. A Polícia Federal abriu inquérito para apurar o caso. O Ministério Público também acompanha as investigações.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe