Senador dos EUA pede mais cooperação em defesa com Brasil em relação à China

Como você se sentiu com essa matéria?

O senador americano Marco Rubio defendeu o fortalecimento da cooperação em defesa entre EUA e Brasil| Foto: Assessoria de Imprensa Senador Marco Rubio

O senador americano Marco Rubio, do Partido Republicano, pediu ao secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, para fortalecer a cooperação em defesa com o Brasil, assim como os esforços para combater “a crescente influência do Partido Comunista Chinês” no continente americano.

Rubio fez o pedido em uma carta enviada a Austin na sexta-feira. No texto, o congressista lembrou que o Brasil é um importante aliado dos EUA e parceiro na área de segurança com grandes capacidades, além de estar disposto a trabalhar “lado a lado” com o país para garantir “segurança e estabilidade” na região.

O senador americano cobrou que Austin priorize e busque opções para fortalecer os laços com o Brasil e apoiar “iniciativas que tornem a região mais segura da influência maligna do Partido Comunista Chinês”.

Rubio acusou Pequim de tentar aumentar sua influência no continente americano através de práticas como corrupção, extorsão com vacinas, ameaças ao meio ambiente e desafios à soberania, entre outras.

Nascido em Cuba, o senador, que representa o estado da Flórida, considerou como “um bom primeiro passo” a recente visita ao Brasil feita pela chefe do Comando Sul das Forças Armadas dos EUA (Southcom), general Laura Richardson, para manter e expandir as relações bilaterais, mas acredita que mais pode ser feito.

Durante a viagem, que aconteceu em novembro, Richardson visitou o Comando Militar da Amazônia, em Manaus, e foi recebida em Brasília pelo ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e outras autoridades do governo do presidente Jair Bolsonaro e das Forças Armadas brasileiras.

Fonte: Gazeta do Povo
Podcast O Papo É com Guilherme Fiuza e Rodrigo Constantino – Gazeta do Povo