Rússia aponta ‘sabotagem’ em ponte que desabou em região que faz fronteira com a Ucrânia

A Rússia denunciou neste domingo, 1, um “ato de sabotagem” em uma ponte ferroviária que desabou parcialmente na região de Kursk, cidade russa que faz fronteira com a Ucrânia, e abriu um caso penal, segundo o governador Roman Starvoit. Em sua conta no Telegram, o governante afirmou que, “lamentavelmente, foi confirmado que houve uma sabotagem”, mas não deu detalhes sobre os responsáveis. “Autoridades e especialistas das Forças e Corporações de Segurança investigarão”, escreveu. Ainda de acordo com o governador, a equipe de investigadores trabalha atualmente na ponte, enquanto os especialistas ferroviários já estão prontos para reparar a passagem. Esta linha ferroviária é utilizada por trens de carga. Ninguém ficou ferido no incidente. Na região de Kursk vigora o nível amarelo (alto) de perigo terrorista desde o dia 11 de abril.

*Com informações da EFE.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe