Rui Costa diz que Bahia vai aceitar ajuda de outros países ‘sem precisar passar pela diplomacia brasileira’

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou nesta quinta-feira, 30, que vai aceitar ajuda de outros países para as cidades afetadas pelas enchentes mesmo sem a aprovação do governo federal. A declaração ocorreu após o presidente Jair Bolsonaro (PL) dispensar ajuda humanitária oferecida pela Argentina. “A Argentina ofereceu ajuda humanitária às cidades afetadas pelas chuvas na Bahia, apesar da negativa do governo federal. Me dirijo a todos os países do mundo: a Bahia aceitará diretamente, sem precisar passar pela diplomacia brasileira, qualquer tipo de ajuda neste momento”, escreveu Costa em sua conta do Twitter. “Os baianos e brasileiros que moram aqui no estado precisam de todo tipo de ajuda. Estamos trabalhando muito, incansavelmente, para reconstruir as cidades e as casas destruídas, mas a soma de esforços acelera este processo, portanto é muito bem-vinda qualquer ajuda neste momento”, completou. 

Nesta terça, Bolsonaro confirmou que negou a ajuda da Argentina, mas afirmou que o governo está aberto a doações internacionais. “O fraterno oferecimento argentino, porém muito caro para o Brasil, ocorre quando as Forças Armadas, em coordenação com a Defesa Civil, já estavam prestando aquele tipo de assistência à população afetada, inclusive com o apoio de 3 helicópteros da Marinha e do Exército. Por essa razão, a avaliação foi de que a ajuda argentina não seria necessária naquele momento, mas poderá ser acionada oportunamente, em caso de agravamento das condições”, justificou.


Fonte: Jovem Pan