Real digital deve chegar em 2022: Confira os detalhes

O Real Digital é, sobretudo, uma das ideias mais revolucionárias no que tange o uso de dinheiro no Brasil. No entanto, até o momento tudo que se sabe sobre ele é que ainda é um projeto de CBDC ( Central Bank Digital Currency).

Porém, ao que indica o presidente do Banco Central do Brasil, esse projeto está cada vez mais próximo de integrar a realidade de brasileiros. Roberto Campos Neto anunciou que essa tecnologia financeira pode chegar no país a partir do segundo semestre desse ano.

Confira: Elon Musk investiu US$ 2,89 bilhões em ações do Twitter

O Real Digital logo será uma realidade

Então, durante uma apresentação no evento de Arko e Traders Club, Campos Neto anunciou que diversos bancos centrais ao redor do mundo, estão desenvolvendo suas próprias moedas digitais (CBDC’s). Como exemplo prático, mencionou o Yuan Digital, da China, que está em circulação desde 2021.

Real digital deve chegar em 2022: Confira os detalhes / Créditos de imagem pixabay

Portanto, durante sua apresentação o funcionário de alto escalão do Banco Central exibiu o processo de desenvolvimento da moeda digital brasileira. Então, segundo sua apresentação, a fase de testes se encerrará ainda em julho. Enquanto a implementação de um projeto-piloto deve ocorrer no quarto trimestre de 2022.

Leia também: iFood vai aumentar em até 50% o valor para entregadores? Confira

Lei do Bitcoin e reflexos no país

Além de sua apresentação sobre todos os aspectos envolvendo o projeto do Real Digital, Campos Neto ainda abrangeu em seus assuntos a polêmica Lei do Bitcoin. Portanto, trata-se da Lei que desde 2015 vem sendo discutida e projetada a partir dos PL 2303/2015 e, posteriormente, PL 3825/2019.

Ao comentar sobre o assunto, Roberto comenta que vem observando protocolos no mercado que o fazem ter uma perspectiva melhor quanto ao que ele se refere como convergência. No caso, a “convergência” trata-se da implementação de moedas digitais como alternativa financeira para os Bancos Centrais de diversos países.

Em suma, a realidade imaginada por Satoshi Nakamoto, ao lançar a primeira criptomoeda nos anos 2000, está cada vez mais alinhada aos projetos governamentais de Bancos Centrais. Ainda que CBDC’s sejam centralizadas, a transição para a digitalização do dinheiro é um passo a frente para o “Cripto-capitalismo”.

Com o mundo ainda mais digital, fica mais fácil dessa aceitação do Real Digital.

Confira: Energia solar e eólica representam 10% da eletricidade global: confira

Energia solar e eólica representam 10% da eletricidade global
Energia solar e eólica representam 10% da eletricidade global / Créditos de imagem pexels

Veja a postagem de horigem em: Engenharia Hoje

Compartilhe