desabamento
Desabamento de uma das arquibancadas de uma praça de touros na cidade de El Espinal, na região central da Colômbia.| Foto: Reprodução/Twitter

Um desabamento ocorrido neste domingo (26) de parte de uma arquibancada em uma praça de touros na cidade de El Espinal, na região central da Colômbia, deixou pelo menos quatro mortos e dezenas de feridos, de acordo com informações preliminares das autoridades locais.

O governador da província de Tolima, Ricardo Orozco, afirmou à emissora “Blu Radio” que uma das vítimas é menor de idade, além de duas mulheres e um homem adulto. “Lamentando profundamente o ocorrido em nossa praça de touros Gilberto Charry. Quero pedir à população que está na praça de touros para se retirar, pois os órgãos de controle já estão atendendo a emergência e levaram os feridos para hospitais”, disse, por sua vez, o prefeito de El Espinal, Carlos Tamayo.

Diversos vídeos foram postados nas redes sociais, mostrando o desabamento de parte da arquibancada de madeira, que recebia grande público. O presidente eleito da Colômbia, Gustavo Petro, se manifestou sobre a tragédia em mensagem postada no Twitter. “Espero que todas as pessoas afetadas pelo desabamento da praça de El Espinal possam se recuperar de seus ferimento”, disse o futuro sucessor de Iván Duque. “Isso já havia acontecido antes em Sincelejo (capital da província de Sucre). Peço às prefeituras que não autorizem espetáculos com a morte de pessoas ou animais”, completou Petro, que tomará posse em 7 de agosto.