Qual é a data exata do nascimento de Jesus Cristo?

Pessoas visitam a Basílica da Natividade, em Belém, na Palestina, 23 de dezembro. Segundo a tradição cristã, esse é o local do nascimento de Jesus Cristo| Foto:

A cada ano, na época do Natal, volta à tona o debate sobre a data exata do nascimento de Jesus Cristo. Durante os séculos, houve várias tentativas de se precisar a data. Um estudo histórico de pesquisadores italianos trouxe uma nova abordagem à questão e chegou à conclusão que Ele de fato nasceu em dezembro, do ano 1 a.C.

Liberato De Caro, pesquisador do Instituto de Cristalografia do Conselho Nacional de Pesquisa de Bari, na Itália, e coordenador da pesquisa, contou em detalhes em entrevista ao National Catholic Register como chegaram a essa conclusão.

Para estimar a data histórica da Natividade, De Caro e o pesquisador Fernando La Greca, da Universidade de Salerno (Itália) analisaram a cronologia de uma série de eventos e elementos. Os principais deles são a Anunciação da Virgem Maria – que segundo a Bíblia teria ocorrido no sexto mês da gravidez de Isabel, prima de Maria e mãe de João Batista; e o calendário de diferentes festividades e peregrinações judaicas.

Com isso, eles concluíram que a Anunciação teria ocorrido logo antes da Páscoa judaica. Isso seria no final do nosso atual mês de março, o que significa que Jesus teria nascido em dezembro.

Segundo o registro do Evangelho de São Lucas, Isabel estava no sexto mês de gravidez quando ocorreu a Anunciação – o anúncio pelo Arcanjo Gabriel para a Virgem Maria de que ela seria mãe de Jesus.

De acordo com o historiador, naquela época eram feitas três peregrinações a Jerusalém: na Páscoa, em Pentecostes (50 dias após a Páscoa), e na Festa dos Tabernáculos (seis meses após a Páscoa). Portanto, o período máximo de tempo entre uma peregrinação e outra era de seis meses (entre a Festa dos Tabernáculos e a Páscoa seguinte).

José e Maria eram peregrinos, de acordo com o Evangelho de Lucas. Como Maria, no momento da Anunciação, não sabia da gravidez de Isabel, os pesquisadores inferem que nenhuma peregrinação tinha sido realizada pelo menos nos cinco meses anteriores a esse momento, quando Isabel estava no sexto mês.

“É inteiramente plausível supor que, se tivesse havido uma peregrinação entre a anunciação do anjo a Zacarias [que Isabel daria à luz João Batista] e a Anunciação, José teria ido a Jerusalém e já saberia por Zacarias sobre a gravidez inesperada de sua esposa Isabel, parente de Maria, já que ela era velha para ter filhos. Notícias tão importantes como essa não ficavam guardadas”, argumenta De Caro na entrevista.

No entanto, de acordo com a Bíblia, Maria não sabia da gravidez de Isabel durante a Anunciação.

Isso implica que a Anunciação deve ter ocorrido pelo menos cinco meses após uma peregrinação. Com isso, os autores deduziram que a Anunciação ocorreu entre a Festa dos Tabernáculos e a Páscoa, e que a visita do Arcanjo a Maria deve ter sido logo antes da Páscoa. Se somados os nove meses de gravidez, o nascimento de Jesus deve ter ocorrido ao final de dezembro ou início de janeiro.

Ano do nascimento

Para determinar o ano de nascimento de Jesus Cristo, os historiadores levaram em conta os registros sobre a morte do rei Herodes.

Herodes devia estar vivo no ano em que Jesus nasceu, já que a Bíblia fala de uma suposta matança de inocentes após o nascimento. Segundo historiador do século I Flávio Josefo, Herodes morreu após um eclipse lunar visível de Jerusalém.

Com base em estudos astronômicos atuais e outros elementos históricos, a morte de Herodes teria ocorrido entre os anos 2 e 3 d.C., compatível com o começo convencional da era cristã. O que significa que a Natividade “ocorreu ao final do ano 1 a.C.”, diz De Caro.

Fonte: Gazeta do Povo
Podcast O Papo É com Guilherme Fiuza e Rodrigo Constantino – Gazeta do Povo