PSOL protocola ação pedindo cassação do mandato de Arthur Lira

O PSOL protocolou nesta sexta-feira, 3, uma representação em que solicita a abertura de um processo ético disciplinar para cassar o mandato do presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira (PP-AL). A ação é motivada pela discussão entre Lira e o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) durante uma sessão na Câmara na última terça-feira, 31. O presidente da Casa desligou o microfone de Braga e ameaçou retirá-lo do plenário depois que o congressista questionou se ele não tinha vergonha defender a privatização da Petrobras. Ainda segundo o documento, Lira desonrou o cargo para o qual foi eleito e abusou das prerrogativas asseguradas para cometer as ilegalidades e arbitrariedades agindo em prejuízo dos membros do Congresso Nacional. “Não há outra palavra para definir a atitude de Arthur Lira que não seja autoritarismo. O chefe do orçamento secreto não aceita ser confrontado. Nem ele, nem nenhum outro capanga de Bolsonaro vai nos calar”, disse Braga no Twitter.

*Com informações do repórter Bruno Pinheiro


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe