Presidente das Filipinas ameaça prender não vacinados que saírem na rua

O presidente filipino Rodrigo Duterte autorizou nesta quinta-feira, 6, a prisão de pessoas não vacinadas que saírem de suas casas durante o atual período de restrições impostas para frear os casos da variante Ômicron do coronavírus. Depois que o número de infecções triplicou nos dois últimos dias no arquipélago, 13 milhões de habitantes de Manila não vacinados têm ordem de permanecer em suas casas. A mesma regra está em vigor em outras províncias e cidades. As autoridades preveem que as infecções continuarão aumentando nos próximos dias e alcançarão seu ponto máximo no final do mês. “Devido ao fato de ser uma emergência nacional, minha posição é que podemos prender” as pessoas que não se vacinaram, disse Duterte em uma mensagem.

*Com informações da AFP


Fonte: Jovem Pan