Para qual time vai Neymar se sair do PSG? Confira possíveis clubes

Os rumores de que Neymar pode deixar o Paris Saint-Germain na atual janela de transferências se fortaleceram na última terça-feira, 28, com a publicação de uma matéria do “El País”. De acordo com o jornal espanhol, representantes do clube francês avisaram o pai do craque que não contam mais com o brasileiro para a temporada 2022/2023 – à Jovem Pan Online, a informação foi negada pela assessoria da família do atacante. Antes disso, porém, o presidente da agremiação parisiense, Nasser Al-Khelaifi, já havia despistado sobre uma possível saída do jogador. Mas, afinal, qual será o destino do camisa 10 da seleção brasileira, caso ele deixe o PSG?

Mesmo perdendo o protagonismo no Paris Saint-Germain e sofrendo com lesões nas últimas temporadas, Neymar segue valorizado no futebol europeu e possui um salário altíssimo, que limita a lista de possíveis destinos do craque. Conforme informações de alguns jornais ingleses, como “FourFourtTwo”, “The Sun” e “Daily Mail”, o brasileiro está na mira de três gigantes: Chelsea, Manchester United e Liverpool. O Newcastle, clube que foi comprado por fundo de investidores da Arábia Saudita e passou a ter um robusto aporte financeiro, também surge como interessado.

Entre os quatro britânicos, o Chelsea é quem aparece como o principal candidato. Novo dono do clube, o empresário norte-americano Todd Boehly prometeu investir 200 milhões de euros (R$ 1 bilhão) em contratações nesta temporada. Assim, a chegada de Neymar seria um reforço de impacto para o time de Thomas Tuchel, técnico que trabalhou com o brasileiro nos tempos de PSG e tenta ganhar a sua segunda Liga dos Campeões nos Blues. O Manchester United, por sua vez, também tem dinheiro para fazer grandes investimentos, mas vem priorizando adquirir atletas mais jovens e estabelecer um projeto a longo prazo – os “Diabos Vermelhos” estão de olho em Antony (Ajax) e Frankie De Jong (Barcelona), por exemplo. Desta forma, a chegada de Neymar, atualmente com 30 anos, não seria condizente com o processo de reformulação do clube.

Já nos outros dois clubes citados, Neymar teria missões diferentes. No Liverpool, o atacante precisaria se adaptar ao frenético ritmo do time comandado por Jorgen Klopp, assumindo a missão de ocupar a lacuna deixada por Sadio Mané, senegalês deixou os Reds para fechar com o Bayern de Munique. Já no Newcastle, o brasileiro seria mais uma vez o líder de um projeto, mas teria menor probabilidade de adquirir resultados esportivos em um curto prazo. A mudança para uma equipe em formação, além disso, poderia prejudicar sua preparação para o seu principal objetivo do ano: ganhar a Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar.

Na quarta-feira passada, o jornal “Sport” também informou que a Juventus estaria monitorando a situação de Neymar no PSG. “A Juventus estaria avaliando a incorporação de Neymar. Não é a primeira vez, mas parece que agora há mais opções. Massimiliano Allegri, técnico da equipe alvinegra, pediu para que seja levantado o nível de sua equipe, e a chegada do brasileiro poderia fazer isso”, relatou uma matéria, que não foi assinada por nenhum jornalista. Dias depois, o jornalista turco Ekrem Konur trouxe a mesma informação, destacando que a “Velha Senhora” vê o astro com um reforço capaz de resgatar a força da equipe, que perdeu o reinado no Italiano nas últimas duas temporadas.

Nas redes sociais, diversos torcedores do Santos se animaram com a notícia do “El País’ e passaram a viver a expectativa de contar com Neymar novamente. Revelado nas categorias de base do Peixe, o atacante brilhou na Vila Belmiro antes de ser vendido ao Barcelona, sendo protagonista no tricampeonato do Paulistão (2009,2010 e 2011) e nas conquistas da Copa do Brasil (2010) e da Libertadores da América (2011). De acordo com o portal “A Tribuna”, o presidente do Alvinegro praiano, Andrés Rueda, afirmou que tem um projeto para repatriar o atleta. “Recebi mais de 70 ou 100 mensagens sobre o Neymar. Pedir ou achar que não vamos fazer alguma coisa em relação ao Neymar chega a ser até inocência. Mas não é na imprensa que vamos falar”, afirmou o mandatário na reunião do Conselho Deliberativo do Peixe. “Existem maneiras de fazer. Aqui no Conselho Deliberativo, me desculpem, eu não posso comentar. Tem estratégia. No Comitê de Gestão temos algumas ações nesse sentido”, acrescentou o dirigente.

Quem também demonstrou entusiasmo com a informação foi a torcida do Palmeiras. No Twitter, muitos torcedores lembraram que Neymar era palmeirense na infância e poderia optar por vestir a camisa do time do coração. Além disso, o atacante poderia ser contratado com o aporte financeiro da Crefisa, patrocinadora do clube alviverde e que tem Leila Pereira como mandatária – a empresária também presidente do Verdão. Veja algumas reações abaixo.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe