ONU votará sobre expulsão da Rússia do Conselho de Direitos Humanos

A Assembleia Geral da ONU votará nesta quinta-feira, 07, sobre a suspensão da Rússia do principal órgão de direitos humanos da ONU. A medida foi iniciada pelos EUA em resposta à descoberta de centenas de corpos de civis ucranianos em Bucha, após a retirada das tropas russas. A embaixadora norte-americana, Linda Thomas-Greenfield, fez um apelo para que o país seja retirado da lista de 47 membros. “Acreditamos que os membros das forças russas cometeram crimes de guerra na Ucrânia e acreditamos que a Rússia precisa ser responsabilizada. A participação da Rússia no Conselho de Direitos Humanos é uma farsa”, disse na última segunda-feira. De acordo com a resolução de 2006, do Conselho de Direitos Humandos, a Assembléia pode suspender os direitos de membro de um país “que cometa violações graves e sistemáticas dos direitos humanos”. A resolução a ser votada nesta quinta-feira, 7, expressa “grave preocupação com a atual crise humanitária e de direitos humanos na Ucrânia, particularmente com os relatos de violações e abusos dos direitos humanos e violações do direito internacional humanitário pela Federação Russa, incluindo violações graves e sistemáticas e abusos dos direitos humanos”. Em 24 de março, a mesma Assembleia votou por 140 a 5 e 38 abstenções pela culpabilização da Rússia pela crise humanitária da Ucrânia e pedindo um cessar-fogo imediato.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe