Óculos de realidade aumentada colocam legenda nas conversas em tempo real

A fabricante de óculos de realidade aumentada Nreal anunciou os novos óculos XRAI, um dispositivo de realidade aumentada (AR) capaz de legendar conversas em tempo real. A novidade foi criada pelo especialista Dan Scarfe, ao estudar maneiras de permitir que pessoas com deficiência auditiva participem de conversas convencionais.

A ideia dos óculos surgiu após Scarfe perceber a dificuldade do seu avô, que tem deficiência auditiva, em manter conversas com as outras pessoas de sua família. Ao perceber o problema, o fundador do XRAI começou a trabalhar para tentar encontrar uma solução para seu parente e para demais pessoas com deficiência auditiva parcial e total.

O objetivo da empresa é começar a oferecer os óculos XRAI aos consumidores a partir de setembro de 2022, contudo, eles ainda não confirmaram uma data exata para o lançamento. Scarfe afirma que a novidade é apenas o começo de um futuro inovador.

Os dados das conversas serão armazenados apenas no dispositivo pessoal do usuário.Fonte:  XRAI 

“Vamos começar com um pequeno número para provar, obter feedback, entender o que as pessoas gostam, o que não gostam e inovar rapidamente nisso. E então esperamos que, se os ventos estiverem atrás de nós, chegaremos à disponibilidade geral em setembro”, disse Scarfe ao site EuroNews.

Realidade aumentada e legendada

Segundo Scarfe, o problema de comunicação de seu avô era tão grande que, em alguns momentos, ele parecia desistir de tentar participar das conversas e ficava apenas sentado em silêncio.

“Chegou ao ponto agora em que ele literalmente fica sentado em silêncio. E eu pensei, bem, espere um segundo. Ele assiste TV o tempo todo com legendas. Por que não podemos legendar o mundo?”, disse o criador dos óculos.

O XRAI não funciona como um dispositivo único: ele precisa ser conectado em um smartphone para receber a alimentação de áudio do microfone. Basicamente, os óculos captam o áudio do ambiente e fornecem legendas automaticamente na tela dos óculos — nesse caso, o smartphone é usado para transformar o áudio em legenda por meio do software Nreal.

Por enquanto, os óculos necessitam de um ambiente silencioso para funcionar com precisão e usa um serviço de transcrição baseado no sistema da assistente virtual Alexa. Organizações voltadas para pessoas com deficiência auditiva, como o Royal National Institute for Deaf People (RNID) e DeafKidz, afirmam que o XRAI é um divisor de águas na área.

Veja a postagem original em: TecMundo

Compartilhe