Nasa vai explorar planeta vizinho a terra que chove lava: confira

Nasa começará a explorar um planeta que se parece com o planeta Terra. Embora o planeta vizinho tenha algo em comum com o nosso, sua principal diferença é no mínimo inusitada e nada comum aqui.

Isso porque, os cientistas acreditam que nesse planeta chuva lava. Isso mesmo que você leu, chuva de lava! Para confirmar isso o “novo mundo” que não é tão novo assim, precisa ser explorado. Desse modo, ficaremos sabendo o que há por lá.

Para saber mais, a seguir veja como se dará o reconhecimento do planeta. Além disso, adiante você saberá mais sobre as descobertas interplanetárias da Nasa. Então, nos acompanhe. Vamos nessa!

Confira: Pesquisadores trabalham em novo método para captura de carbono com 99% de eficiência

Nasa vai explorar um planeta que chove lava, veja!

Cientistas da Nasa estão se preparando para iniciar a exploração do planeta 55 Cranci. Para isso, será utilizado um instrumento ótico muito potente, o telescópio James Webb. Através dele, conheceremos melhor o planeta vizinho.

A saber, o planeta está localizado relativamente próximo à Terra. Além do que, possui características similares ao nosso globo. No entanto, uma diferença é de chamar a atenção de todos, sejam cientistas ou não.

Sem dúvidas, toda essa atenção a sua peculiaridade, se deve as prováveis chuvas de lava do exoplaneta 55 Cranci. Exoplaneta porque ele está fora do sistema solar, sua órbita fica a 40 anos-luz de distância.

De fato, ao falar em anos-luz pode parecer muita distância, contudo, saiba que você pode observar o 55 Cranci a olho nu, lá no céu, na constelação de câncer! Com toda a certeza, é de interesse global conhecer mais sobre este exoplaneta.

Viralizando nas redes sociais

Nos últimos dias um tuíte sobre as características do Cranci viralizou nas redes sociais. Mas, esse planeta não é uma descoberta recente. Afinal de contas, os astrofísicos o identificaram no ano de 2004.

Leia também: Menor robô do mundo, confira a tecnologia que vai auxiliar à humanidade

Certamente, a novidade é a possibilidade de conhecer melhor o planeta através do telescópio James Webb. Além disso, no dia 26 do mês de maio foi anunciado que o telescópio será utilizado para visualizar outro exoplaneta, o LHS 3844 b.

O 55 Cranci e o LHS 3844 estão sendo chamados pelos cientistas de “Super Terras”. Isso porque, possuem um tamanho próximo ao nosso planeta e também por serem formados por rochas. Contudo, neles as condições climáticas e geológicas são consideradas extremas.

Hoje estamos focando no Cranci 55, mas fique de olho nas novidades aqui no blog, pois em breve teremos novidades sobre o Quer saber mais sobre o LHS 3844. A seguir, você verá algumas características do Cranci. Não perca!

Uma Super Terra que é “Super quente”, conheça!

Agora, apresentaremos algumas curiosidades sobre o 55 Cranci que você pode gostar. Em primeiro lugar, o planeta fica bem próximo da sua estrela, apenas 2,4 milhões km. Por isso, é tão quente!

Mesmo o planeta apresentando características rochosas, com todo esse calor, no 55 Cranci qualquer mineral passaria do ponto de fusão. Por isso, os cientistas acreditam que o planeta seja um grande oceano de lava.

Outra curiosidade, o ano no 55 Cranci dura apenas 18 horas. Super-rápido, não é? Além disso, até pouco tempo atrás pensavam que o planeta não tinha movimento de rotação. Isso porque ele está muito próximo a sua estrela.

A saber, sem o movimento de rotação o planeta ficaria sempre com um lado na luz e o outro no escuro. Mas, essa teoria é questionável, até porque, novas evidências surgiram após uma observação realizada com o telescópio espacial Spitzer.

A partir desse estudo a Nasa conseguiu identificar que o ponto mais quente do 55 Cranci não fica no local que recebe mais luz, o que é contraditório, não é? A resposta agora depende da Nasa. 

Portanto, temos que aguardar as novas notícias sobre o planeta. Então, se você quiser se manter atualizado e gosta de conteúdos como esse, fique atento às nossas publicações. Até porque, a ciência muda o tempo todo, não é? Então, até mais!

Confira: O que é a lua cheia de morango e quando vai acontecer?

Veja a postagem de horigem em: Engenharia Hoje

Compartilhe