Na Índia, tumulto em santuário religioso deixa ao menos 12 mortos

Pelo menos 12 peregrinos morreram e mais de uma dezena ficaram feridos em um tumulto em um santuário hindu na região indiana da Caxemira na manhã deste sábado, 1º, afirmou a polícia. “Doze peregrinos morreram e 14 ficaram feridos em uma debandada na manhã de hoje no santuário Mata Vaishno Devi”, disse o policial de alta patente Mukesh Singh. Todos os feridos foram hospitalizados, acrescentou ele. O tumulto ocorreu quando uma enorme multidão de devotos, que foi ao local para celebrar o início do ano-novo, entrava no santuário Vaishno Devi Bhawan, disse outro oficial. “Extremamente triste pela perda de vidas devido ao tumulto em Mata Vaishno Devi Bhawan”, disse o primeiro-ministro Narendra Modi, em uma mensagem de condolências. De acordo com a polícia, foi aberto um inquérito para investigar o caso.

*Com informações da Agência Brasil


Fonte: Jovem Pan