Mundo registra recordes de mais de 2 milhões de casos diários de Covid-19 em toda a primeira semana de 2022

Na primeira semana do ano, o mundo registrou os maiores recordes de casos diários confirmados de Covid-19, em meio à crise da variante Ômicron, considerada muito mais contagiosa que as demais descobertas até o momeno. Segundo a plataforma Our World in Data, ligada à Universidade de Oxford, desde o dia 3 janeiro e até o último sábado, 8, diariamente foram registrados mais de 2 milhões de casos, sendo de 3 a 7 mais de 2,5 milhões, com uma queda para 2.02 milhões ontem. O maior recorde foi pontuado na sexta-feira, 7, com 2,88 milhões de casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

A Europa e os Estados Unidos (EUA) são os principais responsáveis pela grande quantidade de casos nesse período de 2022, tendo a primeira registrado, sozinha, mais de 1 milhão de casos em quase todos os dias dessa última semana. Apesar dos EUA ter superado a marca europeia no dia 3 de janeiro, não voltou a bater a marca milionária ao longo da semana. Entretanto manteve uma alta taxa de infecção durante toda a semana, entre 700 e 900 mil casos. A leve queda nos números registrada no último sábado também foi reflexo da redução de casos no velho continente e entre os americanos.


Fonte: Jovem Pan