Mês de Abril terá chuva de meteoros Líridas; saiba como acompanhar

Todo mês é um ótimo mês para sair e observar as estrelas, os planetas, asteroides e muito mais. O mês de abril, que começa na próxima sexta-feira (1º), não foge à regra! De conjunção entre planetas a uma série de oportunidades de observação no Sistema Solar, há muitos eventos do céu noturno de Abril para marcar em seu calendário.

O principal evento astronômico do mês é a chuva de meteoros Líridas (também chamada de chuva de meteoros Lirídeos). Trata-se da visualização de um grupo de meteoros que irradia de um único ponto no céu e gera uma série de rastros luminosos no céu, causados pela entrada de detritos de rochas espaciais na atmosfera da Terra com velocidades altíssimas.

Astrofotografia de uma chuva de meteoros na ChinaFonte:  Xiang Zhan (Beijing Planetarium) 

No caso da chuva Líridas, os meteoros são vistos aparentemente saindo da constelação de Lira, direção ao qual eles parecem se originar e razão pela qual leva este nome.

As Líridas se caracterizam como uma chuva de meteoros mediana, geralmente produzindo cerca de 15 a 20 meteoros por hora em seu pico. Ela é originada dos resquícios espaciais deixados pelo cometa C/1861 G1 Thatcher, que foi descoberto em 1861.

Constelação de Lira e sua estrela mais brilhante VegaConstelação de Lira e sua estrela mais brilhante VegaFonte:  Astronoo 

Quando acontece a chuva de meteoros Líridas?

Esse fenômeno celeste ocorre anualmente no mês de abril, usualmente entre os dias 16 e 25. Este ano o pico ocorrerá na noite do dia 22 e nas primeiras horas do dia 23, com uma estimativa prevista de até 18 meteoros por hora.

Embora o fenômeno seja melhor visível do Hemisfério Norte, no Brasil o fenômeno pode ser acompanhado de todas as regiões do país (com um privilégio especial para as regiões Norte e Nordeste). Para tanto, basta ficar em um lugar que dê uma boa visão do céu noturno aberto, de preferência escuro e com baixa poluição luminosa.

Apesar dos meteoros irradiarem da constelação de Lira, eles podem ser vistos em qualquer lugar do céu. O ideal é que você use aplicativos de celular (como Carta Celeste, Star Chart, Sky View e diversos outros) para localizar a constelação de Lira e ficar atento a essa região e seu entorno próximo.

Calendário dos principais eventos astronômicos do mês de abril de 2022

01/04: Lua Nova

03/04: Ocultação lunar de Urano

04/04: Conjunção de Saturno e Marte

16/04: Lua Cheia

22 e 23/04: Pico da chuva de meteoros Líridas

25/04: Conjunção da Lua e Marte

26/04: Conjunção da Lua e Vênus

27/04: Conjunção da Lua e Júpiter

30/04: Conjunção de Vênus e Júpiter

30/04: Lua Nova

30/04: Eclipse parcial solar (visível sobre o Oceano Antártico, no Chile e no sudoeste da Argentina)

Boas observações!

Veja a postagem original em: TecMundo

Compartilhe