Mercado rebaixa previsão da inflação em 2022 para 7,3%, mas sobe a de 2023 para 5,3%

O mercado financeiro reduziu a previsão de inflação ao fim de 2022 para 7,30%, mas elevou a de 2023 para 5,3%, de acordo com o Boletim Focus divulgado nesta segunda, 25. O Focus é uma publicação semanal feita pelo Banco Central (BC) em que centenas de analistas de instituições financeiros são ouvidos. Com o efeito dos cortes de impostos sobre combustíveis e energia, esta foi a quarta revisão para baixo na previsão da subida de preços em 2022 – na semana passada, a projeção era de 7,54%; da mesma forma, a de 2023 foi revisada para cima pela 16ª semana seguida, com aumento de 5,2% para 5,3%. Ambas estariam acima do teto das metas definidas pelo BC – em 2022, o teto da meta é 5% e em 2023, 4,75%.

As previsões para a taxa de juros Selic permaneceram iguais, em 13,75% para este ano e 10,75% para o próximo. Já as projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) seguiram avançando devido a dados positivos da atividade econômica e à ‘PEC das Bondades’, que concede aumentos em benefícios sociais – os números subiram de 1,75% na semana passada para 1,93%. A projeção para 2023 ficou praticamente estável, tendo passado de 0,50% para 0,49%.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe