Menina é reconhecida como agricultora mais jovem em seu estado

Uma menina de apenas 6 anos, chamada Kendall Rae Johnson, foi declarada como a agricultora mais jovem em seu estado, na Geórgia, nos Estados Unidos, já certificada pelo próprio governador.

Kendall brinca com a terra desde os três anos, e começou plantando em seu quintal semente de diversos tipos, como:

  • pepinos;
  • tomates;
  • pimentões;
  • talos de couve.

Ela aprendeu e foi incentivada pela sua bisavó , que lhe ensinou a devolver os talos de couve para a terra ao invés de os descartar, como a maioria das pessoas.

Com o decorrer do tempo, Kendall acompanhou os restos de alimento se transformarem em novos vegetais consumíveis, e ao ver a animação de sua filha, os pais construíram um canteiro.

O canteiro foi construído quando a menina tinha quatro anos, para que ela pudesse plantar suas próprias sementes, e no tempo propício para a colheita, a menina chamou seus amigos para participar.

Agricultora mais jovem em seu estado estimula crianças e jovens na prática

Ao levar seus amigos vizinhos, as crianças levaram carrinhos de compra e fingiam comprar as frutas e vegetais que haviam sido plantados pela pequena menina.

Durante a “compra”, Kendall era responsável por conduzir os “clientes” e explicar que tipo de planta ela havia cultivado e dando maiores informações aos amigos.

A família levou a “educação empreendedora” para o mundo real, ao criar a fazenda urbana batizada de “aGROWKulture Urban Farm“, que produz frutas e verduras.

Tudo o que é produzido pela fazenda, abastece cestas vendidas por assinatura mensal, seja para os próprios usuários ou como doação para famílias necessitadas.

Além disso, na fazenda também há um clube de jardinagem, onde outras crianças plantam e colher alimentos, com Kendall ainda fazendo palestras para inspirar o público infantil e também juvenil.

Em dezembro de 2021, a jovem menina recebeu a doação de 10 mil dólares durante sua participação no programa “Good Morning America”, onde o dinheiro será utilizado para a construção de um laboratório de agrociência, que irá dispor de compostagem e um espaço de aprendizado de ciências agrícolas para crianças.

Fonte: Ciclo Vivo

Imagem em destaque: Foto/Reprodução aGROWKulture

Veja a postagem de horigem em: Engenharia Hoje

Compartilhe