Mauro Cezar diz que Ceni ‘não saiu de casa’ após São Paulo ser goleado pelo Palmeiras: ‘Ficou com vergonha’

O São Paulo ficou sem o título do Campeonato Paulista 2022 após ser goleado pelo Palmeiras, no Allianz Parque, no último domingo, 3. No dia seguinte do resultado, o treinador Rogério Ceni, envergonhado com o revés, preferiu não sair de casa, tamanho o abalo com o vice-campeonato. A informação foi apurada pelo jornalista Mauro Cezar Pereira, do Grupo Jovem Pan, durante o programa “Canelada”. “O São Paulo está completamente abalado com a maneira como foi derrotado pelo Palmeiras. O time foi humilhado! O Rogério Ceni sequer saiu na rua depois de domingo. É sério! Ele não saiu na rua por vergonha. Isso é uma informação que eu estou passando. Ele não saiu de casa por vergonha. E é para sentir vergonha mesmo. Uma coisa é perder um título para o rival, a outra é ser massacrado e humilhado. O Palmeiras passou o ‘trator’ sem dó. Isso deixa marcas, deixa sequelas”, disse.

Apesar do abalo com a derrota para o “Choque-Rei”, Rogério Ceni liderou o São Paulo no triunfo por 3 a 2 sobre o Ayacucho, no Estádio Nacional de Lima, no Peru, na noite da última quinta-feira, 7. Mesmo levando os jogadores considerados reservas, o treinador obteve o resultado positivo na estreia da equipe na Copa Sul-Americana. “Esse Ayacucho, se jogasse os estaduais daqui, seria um clube de 2ª divisão. É um time muito modesto, e o São Paulo fez um jogo difícil contra eles”, analisou o comentarista da JP. De volta ao Brasil, o “Mito” colocará o que tem de melhor no duelo contra o Athletico-PR, marcado para este domingo, 10, no Morumbi, na rodada de abertura do Campeonato Brasileiro.

 


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe