Marcelo se despede e celebra ter feito história no Real Madrid: ‘É o melhor clube do mundo’

O lateral-esquerdo Marcelo foi às lágrimas em sua despedida do Real Madrid, realizada nesta segunda-feira, 13, no Santiago Bernabéu – após 16 anos no clubes espanhol, o brasileiro deixa a equipe madrilena com 25 títulos conquistados. Ao lado do presidente Florentino Pérez, do treinador italiano Carlo Ancelotti e de vários companheiros de time, o defensor disse ter sorte por ter feito história no gigante europeu. “Queria agradecer ao clube, aos companheiros que tive, à sorte de jogar durante todos esses anos, aos técnicos”, disse, em entrevista coletiva. “Quero agradecer ao melhor clube do mundo por poder aproveitar disso. Estamos fazendo o que gostamos e temos tudo para aproveitar. Acordei todos os dias da minha vida com a alegria de estar no melhor clube do mundo, fazer história. E meus filhos viram que que fui capaz de jogar no melhor local possível”, completou.

Na entrevista coletiva, Marcelo fez referência à mulher, Clarice, que estava sentada na primeira fileira da sala de conferências do estádio Santiago Bernabéu, com os filhos. “Se hoje sou o que sou e tenho a força que tenho, certamente é por você, Clarice. Quando saí do Brasil, tinha em mente jogar em um grande time da Europa. Cheguei com 18 (anos), para uma aventura maravilhosa, pensei que poderia chegar alto, e saio daqui sendo o jogador que mais ganhou título na história”, celebrou o atleta, que não teve o vínculo renovado, mas pretende continuar na Europa. “Cheguei sendo um menino e vou embora sendo um homem”, afirmou o atleta, que foi homenageado com a entrega de uma insígnia de ouro e brilhantes pela diretoria do Real, em retribuição aos títulos que ajudou a conquistar.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe