Maior cometa já observado segue em direção à Terra: confira os detalhes

Cientistas estudam cometas há anos, mesmo antes dos telescópios modernos de hoje. Então, dessa vez, uma notícia abalou a comunidade científica: um cometa de mais 136 quilômetros segue em direção ao nosso planeta.

De acordo com astrônomos da Nasa, grupo dos Estados Unidos que estuda e monitora os fenômenos do universo, o cometa tem cerca de 500 trilhões de toneladas. Além disso, é o maior que já conseguimos detectar.

Confira: Cientistas criam primeiro transistor magneto-elétrico: confira os detalhes

Portanto, um cometa com esse tamanho, um pouco fora do comum, atingindo à terra. Fica um pouco complicado imaginar quais seriam suas dimensões dos seus estragos. Segundo os dados, o gigante deve equivaler a cerca de 15 montes Everest.

O cometa traz perigos para à Terra?

Centenas de milhares de cometas e meteoritos passam por nossa galáxia, a Via-Láctea. Ainda mais, todos os anos, dezenas deles entram na atmosfera terrestre, mas acabam se destruindo antes de chegar ao solo.

Maior cometa já observado segue em direção à Terra: confira os detalhes / Fonte reprodução internet

Nesse caso, o que poderia ser um motivo de preocupação para os cientistas seria o tamanho do cometa, que agora se chama ‘’Bernadinelli-Bernstein’’, em homenagem às pessoas que o descobriram.

No entanto, apesar de estar vindo em direção à Terra, Bernadinelli-Bernstein não deve entrar na atmosfera terrestre. Dessa forma, através de cálculos, cientistas chegaram à conclusão que o gigante deve passar pela órbita de Saturno e Urano.

Leia também: Laser de rádio é detectado a 5 bilhões de anos-luz da Terra: confira

A descoberta do Bernadinelli-Bernstein

Gary Bernstein e Pedro Bernadinelli descobriram o cometa por meio do telescópio Hubble e outros aparelhos que também ajudaram na observação. O estudo estava acontecendo no Chile, no Observatório Interamericano Cerro Tololo.

Pedro é brasileiro e junto com a equipe de chineses, americanos e chilenos chegaram a conclusões incríveis sobre o cometa. A rocha está viajando a mais de 35.000 km/h e deve chegar ‘’próximo’’ de nós em 2031.

Segundo os dados que os pesquisadores coletaram, Bernadinelli-Bernstein está viajando no universo há mais de 1 milhão de anos e saiu da Nuvem de Oort. Além disso, essa área seria uma das mais longes do nosso sistema solar.

Confira: Space Perspective revela interior da cápsula para ir à estratosfera

Space Perspective revela interior da cápsula que irá levar viajantes à estratosfera
Space Perspective revela interior da cápsula que irá levar viajantes à estratosfera / Fonte reprodução internet

Veja a postagem de horigem em: Engenharia Hoje

Compartilhe