Lula diz que PSDB acabou e partido rebate: ‘Segue na hipocrisia procurando líderes tucanos’

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta terça-feira, 31, que o PSDB acabou. “Uma vez um senador do PFL disse que era preciso acabar com a ‘desgraça do PT’, o Jorge Bornhuasen. O PFL acabou. Agora, quem acabou foi o PSDB. O PT continua forte, continua crescendo”, declarou. Nas redes sociais, o PSDB rebateu a declaração e disse que a gestão do PT “quase acabou com o Brasil”. A conta oficial do partido também afirmou que Lula segue procurando líderes tucanos.

“Lula tinha que estar mais preocupado em responder à população porque a gestão do PT quase acabou com o Brasil, que foi salvo da destruição pelo impeachment de Dilma. Aliás, Dilma que ele e o PT escondem. E ele segue na hipocrisia procurando líderes tucanos.” O vice na chapa de Lula é o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), que deixou o PSDB após 33 anos na sigla. O partido tucano enfrenta um período de crise interna. João Doria, vencedor das prévias, retirou sua candidatura à Presidência da República após pressão de uma ala da legenda que apoiava Simone Tebet como pré-candidata pelo MDB. O partido agora deve ir às eleições sem um postulante ao Palácio do Planalto.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe