“Imã” para atrair microplásticos: confira essa nova criação

Todo mundo que já foi à praia, principalmente as das grandes cidades, sabem que o lixo é um sério problema. Pensando nisso, um jovem criou uma ferramenta que busca microplásticos, como um ”imã”.

O irlandês Fionn Ferreira estava limpando a praia que frequentava, quando pensou se seria possível criar um dispositivo que atraísse plásticos. Foi aí que ele começou a trabalhar nesse projeto, que foi um sucesso no final.

Confira: Shopee, veja como os usuários estão agindo com o fim do frete grátis

Irlandês cria ”imã” de microplásticos

Os jovens são responsáveis por muitas das criações incríveis da humanidade. Além disso, em todas as áreas, sempre há alguém de pouca idade que já se destaca pela mente inovadora.

Com o brasileiro Gabriel Fernandes Mello Pereira não foi diferente, por exemplo. Nesse caso, o jovem ganhou um prêmio no Stockholm Junior Water Prize por apresentar um projeto que combate a poluição.

E, agora, foi a vez de um irlandês mostrar que existem jeitos muito criativos e eficientes de se retirar o lixo de praias, parques e diversos outros ecossistemas.

Leia também: Avião movido a hidrogênio, confira a data de teste pela Airbus

Tudo começou quando Fionn estava andando pela praia e viu uma rocha com restos de óleo. Entretanto, também haviam plásticos grudados nessa pedra e foi aí que ele se perguntou o porquê daquele fenômeno.

Por meio de muitos estudos, o jovem irlandês chegou à conclusão de que existia uma propriedade química comum entre o plástico e o óleo: ambos eram apolares por isso, se atraiam.

Como aconteceu a invenção?

A partir das informações que coletou em seus estudos, Fionn decidiu fazer uma mistura de óxido de ferro magnetizado e óleo vegetal. Em seguida, o resultado da experiência o surpreendeu.

Então, o jovem percebeu que a mistura atraia microplásticos, funcionando como um ”imã” especialmente feito para coletar restos de garrafas pet, embalagens e qualquer outro tipo de lixo feito de plástico.

Segundo a ex-professora de ciências de Fionn do Schull Community College, essa invenção tem um potencial enorme no combate a poluição do planeta, podendo ser usada para diversos fins ecológicos.

Confira: Motocicleta com painel solar e Bluetooth feita de madeira

Veja a postagem de horigem em: Engenharia Hoje

Compartilhe