IGP-M, a inflação do aluguel, desacelera a 0,52% na segunda prévia de julho, aponta FGV

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) registrou avanço de 0,52% na segunda prévia de julho, o que representa uma desaceleração em relação ao mês anterior, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em junho, a mesma leitura apresentou 0,55% de avanço, enquanto o total do mês, consolidado, ficou em 0,59% de aumento. O IGP-M é considerado como a “inflação do aluguel” por ser usado em contratos do setor imobiliário para reajuste automático dos valores. Dos três componentes do indicador, dois apresentaram recuo: o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M) arrefeceu de 0,56% para 0,42%, enquanto o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) passou de 3,33% para 1,23%. Em contrapartida, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) acelerou de 0,21% na segunda prévia de junho para 0,52% nesta leitura. O IPA-M tem peso maior na composição, respondendo por 60% do total do indicador; o IPC-M corresponde a 30% e o INCC-M, a 10%.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe