Haddad critica operação contra Márcio França: ‘Problema é o espetáculo extemporâneo’

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) criticou nesta quarta-feira, 5, a operação da Polícia Civil contra Márcio França (PSB) e prestou solidariedade ao ex-governador. “Nada contra investigar políticos, muito pelo contrário. O problema é o espetáculo extemporâneo. Não devemos abdicar do princípio da presunção da inocência. Minha solidariedade ao Márcio França e família. Reputação é obra de uma vida. Espero que tudo se esclareça o quanto antes”, escreveu o petista em sua conta do Twitter. Os dois são pré-candidatos ao governo de São Paulo nas eleições deste ano.

França foi alvo de uma operação nesta manhã para apurar suposto esquema de corrupção na área da saúde. Os agentes cumpriram 34 mandados de busca e apreensão nas regiões de Araçatuba, Bauru, Baixada Santista, Campinas, Capital e Presidente Prudente. O irmão do pré-candidato ao Palácio do Bandeirantes, o médico Cláudio França, também é um dos alvos. O ex-presidente Lula (PT) também usou as redes sociais para se posicionar sobre a ação. “Nossa constituição é clara sobre a presunção de inocência. Que se investigue tudo, mas com direito de defesa e sem espetáculos midiáticos desnecessários contra adversários políticos em anos eleitorais. Minha solidariedade para Márcio França”, escreveu. 


Fonte: Jovem Pan