Grêmio domina Chapecoense, mas perde e é vaiado em casa pela Série B

O Grêmio permanece sem vencer na Série B do Brasileiro. Depois de estrear com empate sem gols diante da Ponte Preta, em Campinas, o time gaúcho fez seu primeiro jogo na Arena Grêmio e acabou derrotado pela Chapecoense, por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, 15. Depois de ver o adversário dominar boa parte do duelo, Matheus Bianqui saiu do banco de reservas e deu a vitória para o time visitante, com gol no segundo tempo. Uma estreia em casa negativa do Grêmio, diante de mais de 23 mil torcedores, que não pouparam vaias ao final da partida. Com o resultado, a Chapecoense – também havia estreado com um empate, por 1 a 1, diante do Ituano – foi aos quatro pontos e assumiu a liderança provisória. Já o Grêmio está estacionado com um ponto e viu seus principais adversários na briga pelo acesso saírem na frente. O time gaúcho controlou a partida desde o começo, tendo mais posse de bola e criando as melhores chances nos primeiros minutos. A primeira oportunidade real de gol saiu aos 14 minutos, quando Bitello deu um passe de calcanhar para Ferreira, que chutou de primeira, mas o goleiro Vagner voou na bola para fazer a defesa.

Do outro lado, a Chapecoense se fechava bem na defesa e tentava responder em contra-ataques rápidos. Aos 22, Fernando avançou com liberdade e cruzou na medida para Perotti, que mesmo de frente para o gol, cabeceou para fora. Nos minutos finais, o Grêmio teve mais duas boas chances. Aos 34, Bitello levantou na área e Elias cabeceou para fora e, aos 45, Lucas Silva arriscou um chute cruzado que saiu por cima do gol. O primeiro tempo terminou zerado. Na volta do intervalo, o duelo seguiu da mesma forma, com o Grêmio pressionando e a Chapecoense se defendendo. Aos cinco minutos, Campaz arriscou de fora da área e Vagner teve que se esticar inteiro para fazer a defesa. A partir daí, o ritmo da partida caiu um pouco e os dois times passaram a buscar espaços para chegar com perigo ao gol adversário.

Em um desses lances, aos 29 minutos, a Chapecoense pulou na frente do placar. Derek serviu Matheus Bianqui, que encheu o pé. A bola ainda bateu no travessão e depois morreu no fundo das redes. A partir daí, o Grêmio se mandou ao ataque para pelo menos chegar ao gol de empate, mas sem sucesso. Os dois times voltam a campo no final da próxima semana para a disputa da terceira rodada da Série B. Na quinta-feira, 21, feriado de Tiradentes, o Grêmio recebe o Guarani, na Arena Grêmio, às 16h30. Na sexta-feira, 22, a Chapecoense recebe o Vasco, na Arena Condá, às 21h30.

*Com informações do Estadão Conteúdo


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe