Governo deve anunciar medida para pequenos empresários ainda nesta segunda

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que deve anunciar ainda nesta segunda-feira, 10, uma Medida Provisória para auxiliar os pequenos empresários. A decisão acontece após veto integral projeto de lei que viabiliza a renegociação de dívidas de empresas do Simples Nacionalmicroempreendedores individuais (MEIs). “A decisão foi minha de vetar. Não vamos desamparar esse pessoal, que é uma boa da economia muito forte, eles serão atendidos, pode ter certeza. Vamos buscar uma alternativa para segunda-feira, terça no máximo, solucionar esse problema”, disse o presidente. Em conversa com a imprensa, ele também comentou sobre o documento publicado pelo Exército Brasileiro, que previa o retorno do trabalho presencial após a vacinação de membros da corporação e indicava que os não imunizados buscassem o departamento geral do Exército, algo que teria incomodado o presidente.

“Não houve exigência nenhuma. Sou democrático, já tive notícias de duas estatais que queriam aplicar sanções em servidores que não fossem vacinados. Hoje tomei café com o comandante do Exército. Não tem que dar satisfação para ninguém, é uma questão de interpretação”, afirmou, minimizando o ruído. Com a possibilidade de haver uma greve geral de servidores públicos pela insatisfação com o aumento salarial exclusivo aos policiais federais, o presidente também recuou e afirmou que nenhum servidor deve receber reajuste em 2022. “Não está garantido reajuste para ninguém. Tem uma reserva de R$ 2 bilhões para usar, poderia ser usado para PF, PRF e também o pessoal do sistema prisional, mas não está nada garantido”, reforçou o chefe do Executivo, que falou com a imprensa após a comemoração do aniversário do advogado-geral da União Bruno Bianco e agradeceu aos profissionais. “Vocês estão sendo simpáticos, bacanas, que continue esse clima de amor”, completou.

*Com informações da repórter Paola Cuenca


Fonte: Jovem Pan