Golpe dos nudes: chantagistas criam delegacia fake para extorquir

O Fantástico exibiu no último domingo (26) uma nova forma de extorsão que está sendo chamada de “golpe dos nudes”. Na execução do crime, os meliantes se passam por pais e mães de menores de idade para exigir dinheiro de homens que pensavam estar trocando fotos sensuais com supostas jovens apaixonadas.

O programa da Rede Globo exibiu vídeos e áudios dos criminosos, mostrando como o golpe é realizado. Um homem, que está visualizando mensagens e nudes de uma jovem que conheceu na internet, recebe um vídeo com ameaças: “Peguei o telefone da minha filha e vi essas porcaria [sic] aqui. O que tu está pensando, seu pedófilo, seu doente? Minha menina tem 13 anos. É só uma criança. Tu tá louco da cabeça?”.

Em seguida, uma mulher finge ser a mãe da “menor de idade” inexistente, e começa a gritar mais ameaças, dizendo que irá fazer a denúncia na delegacia e registrar uma ocorrência contra a vítima. “Vou mandar o delegado te prender. Seu doente, seu pedófilo. Sem vergonha. Onde já se viu fazer uma coisa dessa”, diz a chantagista.

Como funciona a extorsão no golpe dos nudes?

Fonte: geralt/Pixabay/Reprodução.Fonte:  geralt/Pixabay 

Para tornar verossímil a acusação de pedofilia, os criminosos pressionavam os homens, criando uma delegacia cenográfica com dois “policiais” figurantes além da mãe desesperada. A quadrilha conduzia a discussão para o ponto em que a menor estaria traumatizada e precisando de atendimento psicológico, momento em que pedem que o suposto abusador remeta uma quantia para o “tratamento”. Muitos mandavam o dinheiro na hora.

Segundo a reportagem, os criminosos atuavam principalmente em cidades do Rio Grande do Sul. O sucesso do golpe fez com que eles passassem a utilizar apenas mensagens de áudio. Mas, segundo a polícia, o nível de sofisticação do modus operandi fez com que os vídeos vazados na internet viralizassem e fossem usados por outras quadrilhas no país.

Veja a postagem original em: TecMundo