Gol e Mercado Livre fazem acordo de dez anos para entrega de encomendas por via aérea

A empresa aérea Gol e o marketplace Mercado Livre anunciaram nesta terça, 19, um acordo com validade de dez anos para fortalecer a entrega de mercadorias por via aérea em todo o país, principalmente nas regiões Norte e Nordeste. O Mercado Livre prevê reduzir o tempo de entrega nas duas regiões em até 80%, e em 50% no Centro-Oeste; no Sul e Sudeste, também ficaria mais veloz. A expectativa da empresa, uma das gigantes do comércio eletrônico no Brasil é de ampliar a capacidade de entrega de pacotes por via aérea de 10 milhões por ano para 40 milhões por ano. “Muita gente pode não querer comprar pela internet se o tempo de entrega é muito longo, prefere ir a uma loja física. Com essa parceria, vamos aumentar a fidelização dos clientes e, consequentemente, as vendas”, afirmou Fernando Yunes, vice-presidente sênior do Mercado Livre no Brasil, durante coletiva de imprensa.

A Gol fornecerá seis novas aeronaves exclusivas, que terão as cores e logomarca do MercadoLivre; metade será entregue em junho deste ano e outra metade em 2023, com possibilidade de outras seis serem adicionadas ao acordo em 2025. O presidente da Gol, Paulo Kakinoff, afirmou que o acordo deve render R$ 100 milhões para sua empresa já em 2022, e um incremento de R$ 1 bilhão na receita em cinco anos. A Gol também destacou ganhos de eficiência com a redução dos custos unitários. Para atender a parceria, a empresa aérea vai contratar diretamente 100 trabalhadores e gerar mais 90 vagas indiretas. Por enquanto, a parceria será apenas no Brasil, e não nos outros países da América Latina em que ambas as companhias operam.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe