França retira bandeira da União Europeia do Arco do Triunfo. Entenda

Como você se sentiu com essa matéria?

Para comemorar o início dos seis meses da presidência francesa na UE, a bandeira da França que estava pendurada sobre a tumba do soldado desconhecido — em homenagem aos mortos na 1ª Guerra Mundial — foi substituída temporariamente pela europeia| Foto: BigStock

O governo da França retirou neste domingo a bandeira da União Europeia (UE) que estava pendurada desde sexta-feira sob o Arco do Triunfo para inaugurar a presidência rotativa do bloco, decisão que pode estar relacionada à pressão de Marine Le Pen.

Na sexta-feira passada, para comemorar o início dos seis meses da presidência francesa na UE, a bandeira da França que estava pendurada sobre a tumba do soldado desconhecido — em homenagem aos mortos na 1ª Guerra Mundial — foi substituída temporariamente pela europeia.

A troca despertou a ira de Le Pen e depois de outro candidato de direita para as próximas eleições, Éric Zemmour, e da representante da direita tradicional, Valérie Pécresse, que também criticou a iniciativa.

Marine Le Pen, apoiada na internet por diversos usuários utilizadores, ameaçou apresentar um recurso ao Conselho de Estado.

O Palácio do Eliseu negou que o emblema tenha sido removido antes do previsto e afirma que só permaneceria nas noites de 31 de dezembro e 1º de janeiro, mas fontes próximas da presidência garantiram à “BFM TV” que a polêmica antecipou a remoção.

“Uma bela vitória patriótica no início de 2022! O governo foi forçado a retirar a bandeira da União Europeia do Arco do Triunfo”, afirmou Le Pen no Twitter neste domingo.

Fonte: Gazeta do Povo
Podcast O Papo É com Guilherme Fiuza e Rodrigo Constantino – Gazeta do Povo