Mesmo antes de ser aprovada para uso em crianças, estados já planejam usam a Coronavac na vacinação desse público.| Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Mesmo antes de ser aprovada para uso em crianças, estados já
planejam usam a Coronavac na vacinação desse público. A informação é do vice-presidente
da região Sudeste do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e
secretário da Saúde do Espírito Santo, do Nesio Fernandes. Para Fernandes, a
vacina se mostrou eficaz em países que já aplicam o imunizante em crianças. Só
na China já teriam sido aplicadas mais de 120 milhões de doses em crianças.

“Caso tenha o aval da Anvisa, é possível que as crianças
estejam completamente imunizadas até o final de fevereiro. Muitos estados possuem
estoque da vacina. Com o calendário atual da entrega da Pfizer, isso só ocorreria
em junho”, afirmou Fernandes ao jornal Folha de S. Paulo.

Alguns estados, especialmente os que já têm estoques de
Coronavac, já começam a planejar a aplicação do imunizante nas crianças. Em São
Paulo, por exemplo, 12 milhões de doses foram aplicadas para o uso em crianças.
Pará, paraíba e Minas Gerais também já afirmaram que pretendem usar a vacina.

Um novo pedido para aprovação do uso da vacina na faixa etária de 3 a 17 anos foi apresentado pelo Instituto Butantan à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 15 de dezembro e ainda está sendo avaliado pela Anvisa. Em julho de 2021, o Butantan já havia pedido a aprovação de uso em crianças, mas o pedido foi indeferido por falta de dados comprovando a eficácia e segurança da vacina em crianças.