Erupção do vulcão de La Palma termina após três meses de destruição

A erupção do vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, na Espanha, terminou depois de quase 100 dias em atividade. Depois de entrar em ação em 19 de setembro, o vulcão adormeceu em 3 de dezembro, mas as autoridades esperaram até o Natal para anunciar a novidade à população. Durante a erupção, a lava desceu pela montanha engolindo casas, igrejas e muitas plantações de banana, que respondem por quase metade da ilha. Embora propriedades tenham sido destruídas, não há relatos de mortos. A diretora do Instituto Nacional das Canárias afirmou que a erupção ficou sem forças, embora não descarte uma nova ativação futura. A estimativa é que três mil residências tenham sido atingidas e sete mil pessoas tenham deixado suas casas. O governo espanhol prometeu mais de 400 milhões de euros para a região, mas parte da população reclama que os fundos demoraram para chegar. A estimativa é que o processo de reconstrução comece nesta segunda-feira, 27, e o realojamento das pessoas atingidas aconteça na primeira quinzena de janeiro.

*Com informações do repórter Victor Moraes


Fonte: Jovem Pan