empresário atende pedido de Natal ao ler história na Gazeta do Povo

Menina de 6 anos, moradora de Manoel Ribas, no Paraná, pediu ao Papai Noel uma cadeira de rodas motorizada para presentear o vizinho.| Foto:

Um pedido de Natal para o Papai Noel rendeu muito mais que um simples presente. No dia 23 de dezembro o Sempre Família contou a história da Emanuelly, uma menina de 6 anos, da cidade de Manoel Ribas, no interior do Paraná, que deixou uma cartinha na caixa de correio com um desenho pedindo uma cadeira de rodas motorizada para o vizinho. Assista ao vídeo da entrega do presente, no fim da matéria.

Siga o Sempre Família no Instagram!

Os dois são muito amigos e a Emanuelly ficava incomodada com as dificuldades de locomoção do seu Ito, um homem de 56 anos de idade. Pois não só o pedido foi atendido, como também uma corrente do bem se iniciou. “Não imaginávamos a repercussão que deu. Para mim, como mãe, tem sido gratificante ver o gesto se solidariedade e empatia da Manu. Ela tem trazido muito aprendizado a nós”, revela Leticia da Luz Vieira, mãe da menina.

Pelas redes sociais Letícia contou a história da filha e prontamente uma empresa se dispôs a ajudar com metade do valor necessário para comprar a cadeira de rodas. Mas foi depois de ler a reportagem do Sempre Família que um empresário de Curitiba avisou que arcaria com o montante integral.

“Ontem por volta das 9 horas o Papai Noel, que me disse quem era, mas pediu para não revelar, disse que já tinha feito o pagamento direto para a loja”, conta Letícia, que completa: “Ele disse que leu na Gazeta do Povo”. A mãe da Emanuelly então entrou em contato com a loja e nesta terça-feira (27), no fim do dia, a entrega foi feita. “Foi emocionante. Eu gostei muito. Eu não sabia se pulava, se dava risada. Não sabia o que fazer de tão feliz que eu estava”, diz a menina.

Ito Moretto, o vizinho e amigo da menina, quase não pôde acreditar quando viu a cadeira nova chegando. “Está mudando tudo. Coisa melhor do que essa não tem”, afirma. E essa não foi a única mudança. Letícia recebeu ligações e mensagens de vários estados e arrecadou um bom dinheiro, que será usado para adaptar a casa de Ito com rampa de acesso e portas mais largas para facilitar a mobilidade dele.

A amizade dos dois enche o coração da mãe de felicidade e, agora, de gratidão. “Estamos muito felizes por eles. A Manu está transbordando de alegria. Aumentou a magia de Natal. Também sou muito grata a todos que de alguma forma ajudaram e colaboraram”, afirma Letícia. “Eu sou muito grata ao Papai Noel e a todos que me ajudaram”, finaliza a menina.

Fonte: Gazeta do Povo
Podcast O Papo É com Guilherme Fiuza e Rodrigo Constantino – Gazeta do Povo

Compartilhe