Dois ataques com drones deixam 19 mortos na região do Tigré, na Etiópia

Dezenove pessoas morreram em dois ataques com drones nos últimos dois dias na região etíope do Tigré, informaram à AFP nesta terça-feira, 11, trabalhadores humanitários e uma autoridade sanitária. O ataque mais letal ocorreu na segunda-feira na localidade de Mai Tsebri, no sul do Tigré, quando um drone impactou uma fábrica de farinha, matando 17 pessoas, contou um trabalhador humanitário, citando testemunhas. O incidente deixou dezenas de feridos e 16 burros mortos, informou o funcionário. “Uma testemunha que contou que os drones chegaram e sobrevoaram pouco antes de lançar as bombas. Então, houve pânico e depois de alguns minutos, todos ouviram gritos e viram o local aonde viram que as mulheres e os burros tinham morrido”, informou a fonte. Em outro ataque, que atingiu a localidade de Hiwane nesta terça-feira, morreram duas pessoas, segundo uma autoridade sanitária e um médico do hospital local. Desde novembro de 2020, o conflito entre o exército e os rebeldes do Tigré deixou milhares de mortos e provocou o deslocamento forçado de dois milhões de pessoas. Os esforços diplomáticos para acabar com esta guerra estão aumentando, assim como as notícias de atrocidades e fome que atingem a população.

*Com informações da AFP


Fonte: Jovem Pan