Deputado do PT protocola ação contra Michelle Bolsonaro por propaganda eleitoral antecipada

O deputado federal Rui Falcão (PT) anunciou nas suas redes sociais nesta segunda-feira, 9, que protocolou uma representação na Justiça contra a veiculação de um pronunciamento em cadeia nacional da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e da Mulher, da Família e do Direitos Humanos, Cristiane Rodrigues Britto. A ação refere-se a fala de Michele que, no último domingo, 8, no dia das mães, afirmou à população brasileira que estava “abraçando cada mãe deste Brasil. As donas de casa, as chefes de família, as mães-avós. As mães com filhos com deficiência, as mães raras, as mães indígenas, quilombolas ou ribeirinhas”.

Na representação, o parlamentar petista argumentou que a esposa do presidente Jair Bolsonaro (PL) buscou “não apenas benefícios pessoais próprios pelo seu enaltecimento, mas também melhorar a imagem desgastada do Presidente da República”. “Há evidente desvio de finalidade na convocação da rede nacional de rádio e televisão e é bastante nítido ainda que, em diversos instantes da peça publicitária, há lesão ao princípio da impessoalidade”, alegou.

A equipe de reportagem da Jovem Pan entrou em contato com as assessorias da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e da ministra Cristiane Britto, mas ainda não obtivemos resposta. A matéria será atualizada assim que os posicionamentos forem enviados.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe