Deputado bolsonarista diz que usará ‘método do Rio’ para ameaça de Lula: ‘Na bala’

O deputado federal Otoni de Paula (MDB-RJ), apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), usou o púlpito da Câmara para rebater fala do ex-presidente Lula, que disse que os militantes do PT deveriam mapear as casas do deputados e incomodar os familiares deles como forma de exercer pressão. O parlamentar sugeriu que os manifestantes deveriam “levar bala”. “No Rio de Janeiro, a gente tem método de tratar bandido. Lá é na bala. Se visitar minha casa vai ser na bala, está me ouvindo? Na bala, seus vagabundos”, disse, depois de te chamado o petista de ‘Luladrão’. A reação do deputado não foi a única do tipo entre apoiadores de Bolsonaro: Carla Zambelli (PL-SP) postou um vídeo no qual diz que autoriza a mãe a atirar se vir algum militante por perto da casa em que moram, e apresentou uma notícia-crime ao Supremo Tribunal Federal sobre a fala, e Junio Amaral (PL-MG) publicou um vídeo em suas redes sociais em que carrega uma arma com cartucho enquanto afirma estar pronto para receber o ex-presidente em sua casa.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe