De nuvem de poeira em SP a turismo espacial e até dinossauro sem dente: os fatos surpreendentes de 2021

Embora 2021 tenha sido marcado principalmente pelos desafios econômicos e pela continuidade da pandemia de Covid-19, com novas ondas, descobrimento de variantes de preocupação e picos de infecções, hospitalizações e mortes pela doença, o mundo também assistiu a dezenas de fatos surpreendentes que aconteceram nos últimos 12 meses. Teve vulcão de gelo, viagens ao espaço, mistérios desvendados, relíquias encontradas, tartaruga considerada extinta sendo redescoberta e até Ovnis sobrevoando o oceano. Para além da Covid-19, 2021 foi um ano de surpresas, inovações e curiosidades. Por isso, a Jovem Pan reuniu os principais fatos que surpreenderam o Brasil (e o mundo) ao longo do ano. Confira abaixo a retrospectiva:

‘Vulcão de gelo’ que jorra vapor surge no Cazaquistão

Durante o inverno na região de Almaty, no Cazaquistão, um “vulcão de gelo” de 15 metros de altura se formou sobre uma nascente subterrânea. A estrutura, localizada entre os vilarejos de Kegan e Shrganak, expelia jatos d’água que congelavam quase instantaneamente, criando uma forma semelhante a de um vulcão. Os jatos expelidos eram semelhantes à fumaça de um vulcão cheio de lava, o que atraiu milhares de visitantes. Em fevereiro de 2020, estruturas semelhante foram identificadas nos Estados Unidos.

Cervejaria de 5 mil anos é encontrada por arqueólogos no Egito

Arqueólogos da região do Cairo, no Egito, encontraram vestígios de uma cervejaria de 5 mil anos, localizada onde ficava a cidade de Abydos. Segundo o Ministério do Turismo e Antiguidades do país, a estimativa é que a construção, que remonta ao período do rei Narmer, seja de 3.100 a.C. Trata-se, então, da cervejaria mais antiga já encontrada na região. De acordo com o Dr. Matthew Adams, da Universidade de Nova York e um dos líderes da expedição, a fábrica poderia produzir até 22.400 litros de cerveja por vez.

Navio de 220 mil toneladas encalha e congestiona Canal de Suez, no Egito

Um navio porta-contêiner encalhou no Canal de Suez, no Egito, e causou um congestionamento na rota comercial, uma das mais movimentadas do mundo e que concentra 10% do comércio marítimo internacional. A embarcação Ever Given possui 400 metros de comprimento, pesa 220 mil toneladas e tinha uma bandeira do Panamá. O navio, que viajava da Ásia com destino à Holanda, ficou seis dias encalhado, causando uma fila pelo menos 369 embarcações aguardando para seguir viagem. Após o episódio, o Egito cobrou o pagamento de uma multa de US$ 1 bilhão como compensação pelos danos gerados durante a semana de bloqueio.

Mulher africana dá à luz a 10 bebês e quebra recorde mundial

Uma mulher de 37 anos, mãe de gêmeos, deu à luz a 10 bebês em 7 de junho deste ano, em Pretória, na província Gauteng, na África do Sul. Inicialmente, os médicos haviam informado que Gosiame Thamara Sithole estava grávida de oito crianças. No entanto, nasceram sete meninos e três meninas. Eles tinham sete meses e sete dias de gestação. O nascimento é um recorde mundial. Anteriormente, Malian Halima Cissé, que deu à luz nove filhos no Marrocos, era a detentora do feito.


Fonte: Jovem Pan