Cúpula do PSDB se reúne com MDB em Brasília sem a presença de Doria

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) não irá ao encontro dos caciques do PSDB nesta quarta-feira, 18, em Brasília. O convite ao pré-candidato foi feito logo após a reunião da Executiva Nacional do partido na terça-feira, 17, onde os presentes deliberaram que a candidatura do ex-gestor paulista não era viável, mas decidiram que Doria deveria estar presente para ouvir de seus próprios correligionários que a sua postulação “atrapalha” as campanhas estaduais. Segundo a assessoria de Doria informou à Jovem Pan, o ex-gestor paulista já tinha uma agenda marcada previamente em São Paulo e, por isso, não poderá comparecer. Sendo assim, a reunião entre os tucanos deverá remarcada para os próximos dias.

Mesmo sem a presença de Doria, a cúpula do PSDB irá seguir com a assembleia com o Cidadania e o MDB, marcada para às 17 horas desta quarta-feira, para analisar os dados das pesquisas eleitorais quantitativas e qualitativas da terceira via. O levantamento foi realizado para avaliar a competitividade do ex-governador de SP e da senadora Simone Tebet (MDB) como presidenciáveis. A partir dos resultados, os partidos escolherão em conjunto quem será o pré-candidato da centro-democrático ao Palácio do Planalto. Estarão presentes o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, o secretário-geral, deputado Beto Pereira, os líderes Izalci Lucas (Senado) e Adolfo Viana (Câmara), além do deputado Eduardo Barbosa e do senador Tasso Jereissati, decanos da sigla.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe