Com nove desfalques pela Covid-19, Bayern de Munique abre o ano com derrota para o Mönchengladbach

O Bayern de Munique abriu 2022 com derrota no Allianz Arena. Com 14 desfalques, sendo nove por causa do surto de Covid-19, os comandados de Julian Nagelsmann acabaram surpreendidos mais uma vez na temporada pelo Borussia Monchengladbach, que fez 2 a 1 jogando fora de casa. Neuer, Upamecano, Nianzou, Davies, Richards, Tolisso, Hernández, Sané e Colman estão em isolamento por causa da doença, Stanisic, Goretzka e Süle machucados e Choupo-Moting e Sarr com suas seleções na Copa Africana das Nações. Mesmo com tantas ausências, o Bayern teve o pedido de adiamento do jogo ignorado pela Bundesliga. Sem saída, Nagelsmann optou por jovens das categorias de base para completar o elenco. A novidade foi a volta de Kimmich após dois meses. Agora vacinado e recuperado de complicações da Covid-19.

Apesar de tantos problemas, o Bayern ainda saiu em vantagem no marcador com belo gol do artilheiro Lewandowski. O polonês recebeu, virou sobre a marcação e bateu forte para abrir o placar em Munique, com somente 18 minutos. O Monchengladbach conseguiu a virada ainda na primeira etapa, em intervalo de cinco minutos. Neuhaus e Lainer anotaram aos 27 e aos 31. Assim como na Copa da Alemanha, os visitantes voltavam a aprontar na temporada diante do poderoso time bávaro. Nagelsmann ainda tentou de tudo na etapa final, apelou até ao menino Wagner, de apenas 16 anos, o mais jovem a defender o clube no Alemão. Nada deu certo, entretanto, e o líder pode ver sua vantagem de nove pontos diminuir caso o Borussia Dortmund pontue. Apesar da vitória, o Monchengladbach é o 11° colocado.


Fonte: Jovem Pan