Com mais de R$ 2,5 milhões em dívidas, Romário vive impasse com bens sob risco de penhora

A Vara Federal não encontrou nenhum imóvel em nome do senador e ex-jogador Romário. Com dívidas superiores a R$ 2,5 milhões, o ex-jogador recebeu determinação para penhora de bens em seu nome. No entanto, na última busca, todas as propriedades procurados na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, assim como em outras regiões da zona sul, estão em nome de outras pessoas. Não foi encontrado nenhum imóvel em nome do senador. Por isso, a Vara Federal busca o bloqueio de contas bancárias do parlamentar. Além da dívida milionária, o senador também deve cerca de R$ 600 mil referente ao não pagamento de tributos de um estabelecimento comercial onde ele seria sócio. Segundo informações da Vara Federal, a Promotoria também acompanha o caso. A assessoria de imprensa do parlamentar não quis comentar o caso. Romário busca a reeleição ao Senado Federal em outubro.

*Com informações do repórter Matheus Koelzer


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe