Cientistas vão enviar mensagem em busca de vida fora do Sistema Solar

Cientistas vão enviar mensagens ao espaço, através de sinais de rádio, em busca de vida fora do Sistema Solar. As transmissões vão acontecer no dia 04 de outubro a partir da Estação Terrestre Goonhilly, maior instalação de recepção por satélite do mundo — situada na Inglaterra. A ação é liderada pela METI International, uma organização que se dedica a encontrar vida inteligente no Universo.

Em um primeiro momento, o projeto enviará ao sistema exoplanetário TRAPPIST-1 — localizado a 39 anos-luz da Terra — mensagens compostas por arquivos científicos, como coordenadas de estrelas próximas, na esperança de obter uma resposta. Tal região estelar, fora da influência de nosso Sol, é orbitada por pelo menos três exoplanetas potencialmente habitáveis.

A comunicação também conterá informações sobre a situação ambiental de nosso planeta, com a proposta de aumentar a conscientização sobre ameaças ambientais. “Para que a humanidade viva o suficiente para receber uma resposta do TRAPPIST-1, precisamos lidar de frente com a crise climática hoje”, disse em comunicado oficial Douglas Vakoch, presidente do instituto.

O próximo passo será enviar novas mensagens de rádio para outro sistema estelar. No caso, a área escolhida foi a do exploneta K2-18b, localizado a uma distância de 124 anos-luz da Terra.

O sinal de rádio também incluirá músicas como “Beauty of the Earth”, do compositor soviético Eduard Artemyev, e “Through the Asteroid Belt”, da banda The Comet is Coming. Além disso, faixas de outros DJs selecionadas durante o festival Stihia de músicas eletrônica, que ocorrerá no próximo mês no Uzbequistão, devem ser enviadas ao espaço profundo.

O evento musical acontece todos os anos na cidade de Muynak, nas proximidades do Mar de Aral, local que já foi o quarto maior lago salino do mundo. Nas últimas décadas, a falta de um desenvolvimento sustentável diminuiu consideravelmente a extensão das águas e gerou problemas ambientais na Ásia Central.

Veja a postagem original em: TecMundo

Compartilhe